terça-feira, 20 de setembro de 2011

Você vai sobreviver!

Em maio de 2005 eu sofri um grande baque... não foi o que eu esperava, sonhava... mas, não tivemos mais como evitar e houve o fim. 
Lamentei a minha má sorte, a minha má escolha e a minha teimosia em teimar naquela pessoa que não era a certa e que tinha princípios tão diversos dos meus... teimei 2 anos!! E lamentei uma noite inteira..
No dia seguinte, claro, estava podre e não fui trabalhar... Com muito custo levantei da cama e fui tomar o café.. e enquanto tomava liguei a TV... lá o programa da Ana Maria Braga estava indo ao final, e ela começou com uma mensagem... 
Ouvi, terminei meu café, tomei um banho, fiquei linda e fui trabalhar... a vida continuou ainda melhor...
Anos e anos tentei achar esta mensagem e agora a poucos dias consegui e aí está para vocês... espero que seja tão bom para vocês como foi para mim.... Bjkas


Levanta da cama. Vai trabalhar e chore... Não leia cartas ou e-mails bonitinhos que ele (ou ela) te mandava! Não fique sentada olhando para o telefone... Tire todos os retratos dele de cima da sua mesa. Não ligue para ele (ou ela). 
Saia de casa. Desligue sua secretária eletrônica. Você não quer ficar na esperança de receber um telefonema dele enquanto estiver fora. Larga esse telefone! Não mande recados. Tudo bem você pensar nele mas ele não tem que ficar sabendo. Imprima todos os velhos e-mails. Não leia. Ponha num envelope com todas as fotos (exceto as duas piores, guarde essas) e outras lembrancinhas do seu namoro. Mande para a casa da sua mãe. Diga para ela guardar bem longe da sua vista até que esteja pronta para encarar tudo aquilo. Já passou uma semana? Está na hora de apagar o nome dele da sua agenda ou do seu celular. Escreva o nome de outra pessoa nesse lugar assim se quiser ligar não vai conseguir. Tire as roupas dele ou dela do seu apartamento.
O momento é drástico. Jogue tudo dentro de um saco e ponha na lixeira. E chore... É terapêutico! Não pergunte aos amigos o que ele anda fazendo. Ou, se fizer isso, que a pergunta seja feita a uma amiga tão íntima que você terá certeza que ele nunca ficará sabendo! Pare de prestar a atenção nas letras de músicas, especialmente as canções de amor ou de dor de cotovelo. Tente músicas tecno, que não têm letras. Troque a mensagem da sua caixa postal. Deixe uma mostrando que você está alegre como nunca jamais esteve na vida. Os conselhos são muitos... 
Acredite! Se você sobreviver aos 100 primeiros dias depois de levar o fora de um amor, você sobreviverá... 
Autoria de Mandana Hoveyda

Nenhum comentário: