quarta-feira, 30 de março de 2011

Por Que Mulheres Inteligentes Se Apaixonam Por Homens Idiotas? Parte IV – Final

Como Se Recuperar, Depois De Se Envolver Com Um Idiota
coracao quebrado Por Que Mulheres Inteligentes Se Apaixonam Por Homens Idiotas? Parte IV   Final
Nem sempre é fácil se recuperar depois de se apaixonar por um idiota, porque os idiotas abalam a sua auto-estima. Eles tragam as mulheres para uma relação cheia de altos e baixos, momentos de euforia e momentos de depressão. Fazem você se sentir a mulher mais especial do mundo para, logo depois, te fazerem sentir como a mulher mais descartável do universo.
Então, prenda-se ao fato de que ele é um idiota, e de que idiotas não merecem seu sofrimento. Siga a sua vida, e não se comporte como ele, como uma idiota. Vá em frente, se recomponha, cure seu orgulho ferido, cuide de você mesma.
E, quando conhecer outro homem, releia esta série e tente verificar friamente se você não está se entregando de novo a um idiota. Afinal, agora você já tem algumas teorias, e você é uma mulher inteligente, que vai da teoria à pratica, minha cara!

Acho que convém esclarecermos algumas “cositas”. Como o próprio texto diz, ele não dá uma resposta, nem “a” resposta, ele aponta alguns fatores que pesam para que mulheres inteligentes se envolvam com homens tipicamente idiotas ou que sofram de idiotice relativa – aquela que os acomete numa fase da vida – ou seletiva – que ocorre apenas em algumas relações (no último caso pode ou não haver colaboração da mulher).
Defino como mulher inteligente aquela que sabe o que quer e o que não quer, e que sabe, na maioria das vezes, diferenciar uma coisa e outra. É claro que se apaixonar por um idiota não é exclusividade das mulheres inteligentes. Mas antes de serem seres pensantes, elas são mulheres, e os fatores apontados dizem respeito às mulheres de maneira geral.
Pois bem, um dos comentaristas disse que parto das premissas de que homens idiotas não são inteligentes e mulheres inteligentes não são idiotas. Muito pelo contrário. Homens idiotas podem ser muito inteligentes. E mulheres inteligentes podem se tornar muito idiotas ao se apaixonarem por eles, por bloquearem as pistas que indicam a elas o que está errado, sendo que a idiotice da parte deles pode ser proposital ou não, pode ser fruto de confusão, medo, insensibilidade, astúcia ou ter vários outros motivos.
Quando diz algo como: “se a mulher for inteligente ela não vai querer um idiota ao seu lado, isso seria burrice” – Bingo! Agora você acertou! É isso que acontece. As mulheres inteligentes ficam temporariamente burras. E “Por que isso acontece?” é a pergunta subentendida. A série aponta prováveis causas desse “apagão” da inteligência feminina.

Outra questão colocada por um leitor foi que se isso já aconteceu com a mesma mulher várias vezes, o problema é da mulher. Também concordo! Por isso o texto não se chama “Por que alguns homens são idiotas?” ou “Como transformar um idiota em um cara legal”, e sim “Por que mulheres inteligentes se apaixonam por homens idiotas?”. Como diria a sabedoria popular, “persistir no erro é burrice”. Por que sabemos tomar as melhores decisões em outros assuntos, mas nos equivocamos tanto em nossa vida afetiva? Tentamos entender, e quem sabe contribuir para a quebra de padrões ultrapassados, de repetições de comportamentos femininos prejudiciais. Se o problema é nosso, vamos resolvê-lo!
Sobre o tema “semelhantes se atraem” – isso daria uma teoria à parte. Às vezes é verdade, às vezes não. Certamente uma mulher idiota pode atrair um homem idiota. Mas você já deve ter tido um amigo inteligente e legal que se apaixonou por uma mulher que foi uma idiota com ele, não? Do mesmo jeito, uma mulher inteligente e legal pode se apaixonar por um cara e ele ser idiota com ela. Infelizmente para nós, parece mais comum que isso aconteça. E é isso que buscamos compreender aqui. Por que as mulheres caem mais nessa? É uma questão de primeira ordem para nós, de autopreservação.
Quanto às prováveis características de um idiota, cabe complementar:
- Ele acabou de sair de um relacionamento – em princípio e isoladamente, isso não quer dizer nada. Mas dependendo da história anterior, pode aumentar a possibilidade dele não estar preparado para outro.
- Ele não consegue ficar um tempo sozinho longe de você – sem fazer alguma bobagem.
- Ele se demonstra empolgado demais muito rápido – nem sempre é, mas pode ser sinal de uma certa instabilidade. Do mesmo jeito que se empolga rápido, ele pode desempolgar.
- Ele é carinhoso demais – isso é ótimo, é o sonho da maioria das mulheres. Mas colabora pra desviar nossa atenção dos “pecados” deles. “Ah, mas ele é tão fofo. Não, ele não faria isso.” Não é um pensamento comum nesses casos?
Ou seja, as características devem ser avaliadas em conjunto e dentro de cada contexto.
É bom dizer também que não pretendo fundar nenhuma seita, não sou filiada a nenhum movimento feminista, e meu texto não é científico, nem jornalístico. É apenas o resultado de algum pensamento a respeito do tema. Mesmo assim, faço duas observações: sobre a questão do instinto materno não existir, essa é uma das controvérsias do meio acadêmico-científico. Ainda que o instinto natural de proteger seja influenciado por variáveis sócio-psicológico-culturais, não se pode afirmar que ele não exista. E acho que podemos dizer que é mais raro encontrar mulheres sem essa “tendência” materna do que o contrário. Já quanto aos dados estatísticos sobre a quantidade de homens e mulheres, o CENSO 2007 aponta uma quantidade maior de mulheres do que de homens nos Estados no Rio e São Paulo, por exemplo. E, embora a diferença seja pouco significativa a princípio, não podemos esquecer que ela leva em conta apenas o gênero do indivíduo, desconsiderando variáveis como a orientação sexual.
Pra finalizar: Eu sabia que muitos poderiam considerar isso tudo papo de mulher ressentida e desencantada. Eu, como quase todas as mulheres, já passei por essa situação. Já me iludi, já insisti, já sofri, já chorei… mas não desisti dos homens! Eu sei que há muitos caras legais por aí, prontos para serem encontrados, que merecem uma chance.
E acho que esses caras não se preocupariam com esta série, porque eles não tem nada a perder. Ao contrário. Evitando os idiotas, as mulheres inteligentes deixarão o caminho aberto para os caras legais que existem no mundo.
Então, garotas, o recado é: analisem a situação e o seu próprio comportamento!
Aos homens legais: parabéns, vocês encontrarão mulheres incríveis e saberão ser e fazê-las felizes!
Aos idiotas: Nunca é tarde e tudo tem conserto! Se você não quer um dia olhar para trás e pensar que perdeu uma grande mulher e a oportunidade de ser muito feliz porque foi um idiota, deixe de ser agora mesmo! Pode ter um cara legal aí dentro…
Da Bruxa Má do Norte (rs) ou uma mulher como tantas outras

Texto de Lya Quadros, do O Que Eu Não Disse, adaptado para o Diva Diz

Nenhum comentário: